Ministros & Ministérios na Igreja: Equipes de ministérios contribuindo para a edificação do corpo de Cristo.

Ninguém tem todos os dons, temos diferentes dons conforme a graça que nos foi dada (Romanos 12.6), ninguém tem todos os talentos, na igreja do Senhor Jesus Cristo, não existe ninguém capacitado para trabalhar em todos os ministérios, é isso que o apóstolo Paulo fala aos cristãos em Coríntios (1º Coríntios 12.28-30). O que existe na igreja é diversidade. Existe diversidade de pessoas, diferentes pessoas com diferentes talentos e dons (1º Coríntios 12.4); existe diversidade de ministérios (1º Coríntios 12.5), diferentes intervenções (1º Coríntios 12.6), que requer pessoas treinadas e capacitadas para desenvolvê-las.  

 
Vamos examinar melhor essa verdade. Na igreja existe a equipe do som, mas não são todos que participam desse ministério, pois não são todos que tem o treinamento e conhecimento necessário para integrar a equipe de som. Na igreja existe a equipe que lidera a igreja, mas não são todos na igreja que são chamados para liderar, pois nem todos têm a capacidade, talento e dom necessário para desenvolver essa tarefa. Na igreja existe a equipe de música ou grupo de louvor, não importa como você o nomeia, o que importa é que o critério para participar desse grupo é o mesmo que foi dado nos dois exemplos acima, ter talento, ter o treinamento e conhecimento necessário, ou seja, a capacitação necessária para desempenhar a tarefa.
 
Todas essas equipes tem um objetivo em comum: trabalhar para a edificação do corpo de Cristo. Mas cada um ajudará a edificar o corpo trabalhando na área em que tem o dom dado pelo Espírito Santo.
 
O trabalho que a equipe de som efetua, antes, durante e depois do culto, é um ato de louvor a Deus, no entanto, essa equipe não esta louvando sozinha, mas ajudando toda a igreja a louvar a Deus, eles são um instrumento de Deus que com suas habilidades e conhecimentos na aérea do som ajudam não só a equipe de louvor, mas toda a congregação a entoar cânticos e hinos de louvor a Deus, dando glórias ao Senhor. O trabalho que a equipe de liderança desenvolve, também é muito importante é um ato de louvor a Deus, pois eles ajudam a igreja a caminhar na direção que Deus tem dado através da sua Palavra, eles são aqueles que exortam e lideram a igreja através de palavras e ações imitando o Senhor Jesus e dando o exemplo para os demais seguirem, no entanto quando eles realizam essa tarefa nós não dizemos que somente eles estão louvando ao Senhor, pois toda a congregação louva ao Senhor juntos, e o trabalho que a liderança desempenha é importantíssimo para que toda a congregação louve ao Senhor. A equipe de música exerce um papel importante também no culto, são eles que conduzem a congregação a louvar a Deus através da música, os membros dessa equipe são pessoas com talentos e conhecimentos musicais, sejam esses conhecimentos, instrumental ou vocal, essa equipe é importante para a edificação do corpo de Cristo, assim como os outros ministérios mencionados acima e os outros ministérios que não foram mencionados, mas que juntos cooperam para que o corpo de Cristo cresça em tudo até atingir a medida e estatura do varão perfeito (Efésios 4.13).
 
Quando damos essa nomenclatura aos diversos nomes de ministérios que existe na igreja como, por exemplo, equipe de som, equipe de liderança ou equipe de louvor, nós não estamos restringindo no sentido de que só aquela equipe, como por exemplo, a equipe de música, esta louvando ao Senhor, mas com essa nomenclatura estamos ensinando a igreja que no corpo de Cristo existe diversidade nos ministérios e cada um efetua a sua função de acordo com o talento, conhecimento e dom que recebeu do Senhor da igreja. Dizer por exemplo que existe uma equipe de louvor na igreja não é o mesmo que dizer, que somente aquela equipe louva ao Senhor, mas é ensinar a igreja que há pessoas com talentos, conhecimento e dom para aquela área e que foram chamados para através daquela equipe edificar o corpo de Cristo. E você que foi equipado com algum talento, conhecimento e dom, você faz parte de qual equipe?
 
Concluo dizendo que a nomenclatura é o menos importante, contanto que cada um desenvolva o dom que recebeu através de uma equipe, ministério, grupo, em fim, que cada um seja instrumento de Deus, usado para edificar o corpo, para que todos nós cheguemos à estatura do varão perfeito, que é Jesus Cristo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *