Terrorismo No Brasil, Existe?

Existe terrorismo no Brasil? Sim. Vou explicar.  No mundo não existe apenas uma definição exata do que seja terrorismo ou ato terrorista, mas podemos encontrar alguns conceitos sobre o que é terrorismo ou ato terrorista. Não tenho a pretensão de expor todas as definições de terrorismo que existem no mundo, mas de alertar, a você leitor, como as práticas dos chamados terroristas são bem parecidas com atos de violência praticados por nações contra outras nações, ou mesmo, contra os seus próprios cidadãos, como é o caso do Brasil.

Um desses conceitos, sobre terrorismo, diz que terrorismo ou ato terrorista é a ameaça ou violência, física ou psicológica, contra um governo com a finalidade de promover uma causa política ou ideológica. E a ameaça ou violência física ou psicológica, produzida pelo estado ou por uma nação mais forte contra o povo, contra os mais fracos, contra os governados, não seria isso também terrorismo? Ou somente o Estado e as nações mais poderosas, tem o direito de agir através da força para impor a sua causa política, os seus ideais? E quando um sujeito utiliza todas as artimanhas possíveis, através do governo, para impor os seus ideais, a sua causa, que aqui no Brasil é bem particular e egoísta, não seria este sujeito considerado um terrorista?
Quando pesquisamos sobre a origem do terrorismo no mundo, muitos apontam os sicários como àqueles que começaram essa prática.  Esses homens eram pessoas que não aceitavam o domínio romano e também não aceitavam aqueles dentre o seu povo que aceitavam essa dominação. Por meio da força eles tentavam a liberdade de suas mães, esposas, irmãs, filhas, pais, irmãos, filhos, de suas famílias e de seus amigos, de seus compatriotas, tentavam a liberdade de um regime opressor que os forçava a pagar impostos altíssimos e com isso, viam a miséria crescer nos seus lares nos lares dos seus familiares e compatriotas.
Será que esses sicários devem ser considerados os primeiros terroristas? Não deve ser por meio da luta armada que as pessoas oprimidas devem procurar a sua liberdade da opressão? Como então? Quem defendia essa minoria diante de um império tão grande, opressor e poderoso? Esses sicários acreditavam que tinham uma chance contra o império romano e essa oportunidade se dava por meio da luta. Assim eles pensavam, assim eles nutriam força para lutar, assim eles lutavam.
Interessante e muito engraçado é que esses sicários, que lutavam contra um regime opressor, sejam considerados os primeiros terroristas, mas os rebeldes sírios que são abastecidos belicamente pelos Estados Unidos e que lutam contra o regime opressor de Bashar al-Assad não o são. Os rebeldes sírios tem a ajuda dos Estados Unidos e de outras nações, os sicários não tiveram nenhuma ajuda exterior e todos nós sabemos o que aconteceu com Jerusalém no ano 70 D.C. Quem são os terroristas no mundo? O que é terrorismo? É a luta armada contra um regime opressor? Ou o Uso da influencia e força, física, bélica, tecnológica, numérica, por um determinado grupo, nação, para impor a sua causa política, os seus ideais e a sua visão de mundo?
Não concordo com qualquer grupo que tente defender os seus ideais e a sua visão de mundo através da força. Temos visto na história do mundo que aqueles que detêm o poder, usam tudo o que dispõem: força bélica, tecnológica, inteligência, sagacidade, para promover e proteger os seus interesses, e aqueles, menos poderosos, que utilizam da mesma força em menores proporções, são considerados terroristas.
Precisamos refletir sobre o terrorismo. Os atos terroristas acontecem diariamente no mundo, em todos os lugares, entre todos os povos, alguns em maiores proporções outros em menores escalas, todos engajados em promover os seus ideais. Imagine se não houvesse terrorismo autorizado, aquele terrorismo que é praticado pelo estado, pelas nações mais poderosas do mundo, eles não dão a isso o nome de terrorismo, dão outro nome, mas, você verá que são atos terroristas com outro nome, um nome mais bonito o que permite esses terroristas praticarem tal barbárie contra os indefesos sem serem questionados.
No próximo texto eu vou expor como o terrorismo acontece no Brasil através dos marginais que não são autorizados pelo governo, e através daqueles que agem através do governo, são os marginais autorizados, mas que no Brasil tem outro nome.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *