O QUE É FÉ – INTRODUÇÃO PARTE 2

Existem vários caminhos que levam ao inferno, mas só um que nos leva a Deus – Jesus Cristo. A melhor maneira de descobrir se um objeto, quadro ou dinheiro é falso é estudando o verdadeiro, pois ao conhecer o verdadeiro torna-se mais fácil reconhecer o falso e você notará as diferenças rapidamente. Muitas pessoas que declaram ter fé, baseiam-na em objetos, símbolos e “espíritos”, e fazendo assim, vivem num autoengano, pois colocaram sua esperança no falso e não no verdadeiro.  Existem ainda, pessoas que são muito religiosas, mas quando testadas vemos que a fé delas apoia-se em si mesmas, em suas conquistas, em seu comportamento, em suas realizações, essas pessoas confiam nas obras que praticam, e fazendo assim, também se enganam.   Descobrir a diferença entre o verdadeiro e o falso é importante, pois, “mais de 85% da população brasileira se declara cristã: são 166 milhões de pessoas que se declaram católicas ou evangélicas”.[1]Entretanto, “Há caminho que parece certo ao homem, mas no final conduz à morte (Provérbios 14.12) Como pode haver tantas pessoas se declarando cristãs e tão poucas parecendo com Cristo? Como pode haver tantas pessoas se declarando cristãs e tão poucas pessoas que obedecem a Jesus Cristo? Como pode haver tantas pessoas se declarando cristãs e tão poucas pessoas que amam a Palavra de Deus, lendo ela, meditando nela, estudando ela, e obedecendo ela? Só podemos concluir que as pessoas que se declaram cristãs estão vivendo num autoengano, estão contentando-se com um cristianismo falso, sem Cristo, e numa esperança sem fundamento. Uma fé que se sustenta sem cristo, em si mesma – fé na fé – é uma falsa fé. Ela é falsa porque não está de acordo com o que a Bíblia ensina sobre a fé verdadeira. Por isso, existe uma necessidade de conhecer a fé conforme a Bíblia nos ensina.

Então esse é um dos maiores problemas que temos atualmente – muitas pessoas dizendo-se pessoas de fé, afirmando categoricamente que tem fé, mas que tem uma vida diferente da fé conforme a Bíblia ensina. São pessoas declarando ter fé, mas que nada sabem sobre o novo nascimento e consequentemente não sabem se nasceram de novo; são pessoas afirmando que tem fé, mas que não sabem quase nada de Jesus Cristo; são pessoas dizendo ter fé, mas que não se relacionam com Deus por meio de Jesus Cristo, não há relacionamento de amor, não buscam a Deus, não desejam Deus, não se rendem a ele; não querem obedecer a Ele; são pessoas falando que tem fé, mas que não tem nenhum relacionamento com o corpo de Jesus Cristo na terra – a Igreja. Não se engane, você está correndo um sério perigo! Quando os seus olhos se fecharam para está vida toda a sua eternidade estará decidida para sempre e se você não tiver a fé verdadeira, conforme a Bíblia ensina, você estará condenado para sempre ao tormento eterno – dor sem fim – tristeza sem fim – medo sem fim – angustia sem fim – condenação sem fim!
Existem muitos homens e mulheres que dizem ter fé, que dizem ter Jesus no coração, que já foram batizados, muitos que fazem parte de uma igreja local, muitos que realizam trabalhos na igreja local, muitos que expulsam demônios, muitos que pregam, muitos que realizam milgares, no entanto estão no caminho do inferno, são filhos da ira, não amam a Deus e não obedecem ao evangelho e estes dirão naquele dia para Jesus:
“Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? Em teu nome não expulsamos demônios e não realizamos muitos milagres?(Mateus 7.22)
E Jesus lhes dirá claramente:
“Nunca os conheci. Afastem-se de mim vocês, que praticam o mal!” (Mateus 7.23)
De que lado você estará no dia do grande julgamento: a esquerda de Jesus, junto com os excluídos, os malditos; ou estará ao lado direito de Jesus, junto com os incluídos, os benditos? O lado que você estará, está diretamente ligado com o tipo de fé que você tem nesta vida, se você tem uma fé falsa estará ao lado esquerdo de Jesus junto com os excluídos, agora se você tem a fé verdadeira nesta vida, estará ao lado direito de Jesus junto com todos os incluídos no Reino pela fé verdadeira em Jesus Cristo. Você consegue compreender como é importante o tipo de fé que você tem nesta vida?
Diferente de quando dizemos que a diferença entre o dinheiro verdadeiro e o falso, o quadro verdadeiro e o falso, o objeto verdadeiro e o falso, muitas vezes é bem sutil, passando quase que despercebido, o mesmo não pode ser dito da fé verdadeira em relação a fé falsa, pois a diferença entre ambas, ensinada na Bíblia, é gritante, pois a intenção do autor da Bíblia – Deus – não foi de dificultar a nossa ida aos céus e sim facilitar, pois para isso ele enviou Jesus Cristo e também a fé para crer em Jesus Cristo (Efésios 2.8,9).
Prestemos atenção ao que Jesus disse, pois isso é muito importante:
“Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino dos céus, mas apenas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus”.(Mateus 7.21)
Uma fé que não faz a vontade de Deus, que está nos céus, não é uma fé salvadora, uma fé sem Cristo, em todos os seus aspectos, não salvará você da ira de Deus – a condenação eterna. Que Deus nos dê compreensão do que é a fé bíblica, através do estudo da sua Palavra e assim poderemos ser salvos e ajudar outros a encontrar a fé salvadora – a fé em Jesus Cristo – o filho de Deus – Rei e Senhor.

 


[1]http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/um-perfil-dos-cristaos-do-brasil-em-11-numeros – Extraído em 13-03-2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *