ENOQUE – A FÉ QUE AGRADA A DEUS

Mais de 500 anos já haviam se passado sobre a Terra desde a queda do ser humano, quando Adão desobedeceu a Deus no Jardim do Éden e a morte entrou no mundo. Durante esse tempo, certamente muitos haviam experimentado a morte física, Abel foi um desses que a experimentou, e de forma violenta ao ser assassinado por seu irmão. Se levarmos em conta o tempo desde a queda até o dilúvio, que é de no mínimo 1500 anos, muito mais mortes entrarão nessa lista, de fato, no diluvio toda a raça humana, com exceção de Noé e sua família, experimentaram a morte física. No entanto, um personagem, dentre todos estes, escapou da morte, ele foi o primeiro homem depois da queda de Adão e Eva que não morreu, pois ele foi arrebatado e não experimentou a morte, ele foi o sétimo depois de Adão e bisavô de Noé, seu nome era Enoque.

Mas por qual razão Deus tirou um homem da Terra de forma tão incomum, nesse caso em especifico é o primeiro relato que temos de um homem que não foi tocado pela morte, o que este homem fez de incomum que o levou a uma existência melhor sem ter que passar pelo drama da morte?
Enoque andou com Deus; e já não foi encontrado, pois Deus o havia arrebatado. (Gênesis 5.24)
Pela fé Enoque foi arrebatado, de modo que não experimentou a morte; “ele já não foi encontrado porque Deus o havia arrebatado”, pois antes de ser arrebatado recebeu testemunho de que tinha agradado a Deus. Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam. (Hebreus 11.5-6)
Não sabemos quais eram as circuntâncias em que Enoque vivia, tudo o que sabemos a respeito dele vem a nós através do testemunho das Escrituras que diz que Enoque andou com Deus, agradou a Deus e foi arrebatado por Deus, tudo isso pela fé.
A fé sempre foi uma das características fundamentais do povo de Deus. Só podemos ir a Deus e agradá-lo se crermos quem Ele é conforme a sua auto revelação. Enoque, diz o livro de Gênesis, andou com Deus , só anda com Deus quem crê nEle, se alguém não tem fé, essa pessoa não andará com Deus, não se relacionará com Deus, não desenvolverá comunhão com Deus. Enoque andava com Deus, se relacionava com Deus, tinha comunhão com Deus, porque tinha fé.
Quem não tem fé, a fé bíblica, conforme o autor vem demonstrando ao longo da carta aos Hebreus e especialmente nesse capítulo 11, quem não tem essa fé, confiança, certeza e convicção que vem em resposta, do individuo que crê nas promessas de Deus, e que se ajusta a vontade de Deus, quem não tem essa fé é impossível agradar a Deus. Toda obra realizada sem fé é um insulto para Deus, tudo o que ser humano faz para Deus sem ser por meio de Cristo pela fé é uma ofensa para Deus. Enoque confiava em Deus, e andou com Deus, o seu andar com Deus era expressão de sua fé, ele cria no que Deus tinha feito e nas coisas que Deus tinha prometido que faria. Diante da revelação de Deus sobre aquilo que ele fez e aquilo que ele fará, existem dois tipos de reações: a primeira é confiar que aquilo que Deus falou de fato aconteceu, como por exemplo, a criação do universo, é também crer que suas promessas vão se cumprir, e esse confiar leva um ajustamento da vida daquele que crê, pois ele desejará e lutará para viver conforme o padrão que Deus estabeleceu em sua Palavra; a segunda reação é não acreditar na totalidade da Palavra de Deus, e consequentemente não ajustar a vida conforme o padrão que Deus estabeleceu em sua Palavra, estes são os que não têm fé e, portanto é impossível agradarem a Deus.
A fé verdadeira leva-nos a ter comunhão com o Deus invisível , mas real, assim como Enoque se relacionou com Deus, teve comunhão com ele e o agradou. Pois, conforme vimos em Hebreus 11.1,2 a fé é prova daquilo que não vemos, e só porque não vemos não quer dizer que não existe, ainda que vemos apenas um reflexo obscuro não que dizer que não existe. A Fé é essa “qualidade espiritual” que possibilita aquele que a possui a ver coisas invisíveis, coisas essas que estão baseadas na Palavra de Deus – a Bíblia, isso, por sua vez, fará com que essa pessoa ajuste a sua própria vida conforme essas coisas invisíveis, mas reais, que são vistas pelos “olhos da fé”, dessa maneira ela agradará a Deus.
Enoque agradou a Deus e o testemunho de que ele agradou a Deus foi a sua trasladação. Gênesis informa-nos que Enoque andou com Deus, o autor de Hebreus nos informa que esse andar com Deus é uma característica da fé que agrada a Deus. Essa caracterização da vida de Enoque como um homem de fé está de acordo com a definição de fé que o autor faz em Hebreus 11.1-2, pois quem se aproxima de Deus deve crer que ele existe (a fé a certeza daquilo que não vemos) e que se torna galardoador dos que o buscam (a fé é a convicção de fatos que não se veem, sejam eles passados, presente, ou futuro). Quem se aproxima de Deus crê que tudo o que ele falou que fez no passado de fato aconteceu, crê que ele é o socorro bem presente na tribulação, e crê que todas as promessas que estão em sua Palavra serão cumpridas. Baseado nisso, a pessoa que possui essa fé aproxima-se de Deus (veja: Hebreus 4.16; 7.25; 10.22; 12.22), anda com Deus, se ajusta aos preceitos de Deus, não para ganhar a Salvação (que é dada gratuitamente pela fé em Jesus Cristo), mas porque a fé o impulsiona a viver de acordo com os princípios de Deus estabelecidos em sua Palavra tendo em vista quem Deus é o que Ele fez, faz e fará.
A vida de fé sempre agradou, agrada e agradará a Deus, pois Ele ama aqueles que confiam Nele. Quando Deus faz uma declaração, seja ela sobre o passado, presente ou sobre o futuro, a coisa mais racional que um ser humano pode fazer é confiar naquilo que Deus falou. O ser humano que não acreditar nessa declaração de Deus, seja ela do passado, presente ou do futuro, está dizendo que Deus é um mentiroso, pois “aquele que não dá crédito a Deus o faz mentiroso” (1º João 5.10). Como pode Deus se agradar de um ser humano que o chama de mentiroso?
Se Deus diz em sua Palavra que criou os céus e a Terra e você não acredita – você está dizendo que Deus é mentiroso e não o agrada.
Se Deus diz em sua Palavra para você não temer e o seguir que ele é contigo, mas você não o considera, não o obedece, não confia, você está dizendo que Deus é mentiroso e não o agrada.
Se Deus diz em sua Palavra que todo homem prestará conta a Ele, e que não existem ninguém que faça o bem e seja digno de ser aceito por Ele, somente por meio da fé em Jesus Cristo, e você não confia no que ele disse e não segue Jesus, você está dizendo que Deus é mentiroso e não agrada a Ele.
Sem fé é impossível agradar a Deus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *