A INTOLERÂNCIA DA TOLERÂNCIA – PARTE 3

Tolerância faz parte da estrutura de plausibilidade da nossa sociedade. O termo “estrutura de Plausibilidade” foi criado pelo sociólogo Peter L. Berger e refere-se a estruturas de pensamento, ou seja, regras, verdades, podem ser verdades objetivas ou verdades subjetivas que uma determinada sociedade acredita e que de forma geral é quase inquestionável. Estas sociedades creem que estas regras e verdades em que elas acreditam é a própria estrutura da sociedade se manter em pé, se uma dessas regras ou verdades cair toda a sociedade corre o risco de desabar, assim, essas sociedades sustentam essas regras e verdades com maior obstinação. O que Carson defende em seu livro é que a “tolerância” faz parte dessas regras e verdades que a sociedade defende obstinadamente, ao ponto de todos aqueles que a questionam serem taxados de insensíveis e grosseiros. Continuar lendo

A INTOLERÂNCIA DA TOLERÂNCIA – Parte 2

Ser tolerante, aceitar opiniões das quais discorda sem, com tudo, concordar com essas opiniões, é uma marca do cristianismo que durará até a volta de Cristo. Olhemos para Deus, veja quantas coisas reveladas nas Escrituras que Ele discorda, mas que, no entanto tolera. E esse “tolerar de Deus” não significa que ele aceita todas as outras opiniões contrarias a sua vontade como se fossem igualmente validas, mas essa tolerância de Deus significa que, mesmo Deus discordando de outras opiniões existentes contrárias a sua vontade, ele permite que essas opiniões contrárias existam até o tempo determinado por Ele. Deus é tolerante com os sistemas contrastantes de pensamentos, até mesmo com aqueles que são contrários sobre o próprio Deus. No entanto, essa tolerância não é considerada como uma virtude, pois caso os seres humanos não se arrependam de seus pecados, eles perecerão. Deus está sendo tolerante a fim de levar pessoas ao arrependimento (Romanos 2.4). Continuar lendo

A INTOLERÂNCIA DA TOLERÂNCIA – Parte 1

O que é intolerância? O que é tolerância? Será que os brasileiros são um povo tolerante ou intolerante? De acordo com o dicionário Michaelis , Intolerância é a “falta de tolerância”. Já a Tolerância “é o ato ou efeito de tolerar”, por sua vez, tolerar significa “levar com paciência”, “suportar com indulgência”, “condescender com”, mas a partir daqui o dicionário Michaelis já dá outra conotação ao significado da palavra tolerar, vejamos: de acordo com o dicionário Michaelis tolerar é “Condescender com; dissimular certas coisas, sem, no entanto as consentir expressamente, uma vez que não seja lícitas”, o problema aqui fica na primeira parte que diz que tolerar é “condescender com”, o problema é que condescender é concordar, no entanto é possível o sujeito aceitar opiniões contrárias a sua sem com tudo concordar com elas. Pois entre aceitar em que posições contrarias existam e que sejam defendidas por outros e concordar com as posições contrárias como verdade igualmente válidas existe uma diferença significativa. Conforme D.A Carson afirmou “Aceitar a existência de uma posição diferente ou oposta e seu direito de existir é uma coisa, mas aceitar a posição em si significa que a pessoa não mais se opõe a ela”. (D.A. CARSON em A Intolerância da Tolerância, pág. 13) Essa tolerância pós-moderna, chamada por D.A. Carson de a nova tolerância “sugere que aceitar a posição do outro significa crer que essa posição seja verdadeira ou, pelo menos, tão verdadeira quanto sua própria. Mudamos de permitir a livre expressão de opiniões contrárias para aceitar todas as opiniões; saltamos da permissão da articulação de crenças e argumentos dos quais discordamos para a afirmação de que todas as crenças e todos os argumentos são igualmente válidos. Assim passamos da antiga para a nova tolerância”. (D.A. CARSON em A Intolerância da Tolerância, pág. 13) O outro problema fica na segunda parte, pois o que é licito? O que é ilícito? Quem é que define o que é licito e o que não é? Aquilo que é licito ou ilícito é definido por uma verdade universal ou pelo subjetivismo do individuo ou pela estrutura de plausibilidade de uma sociedade? Outros significados que o dicionário Michaelis da para a palavra tolerar é “admitir”, “dar tácito consentimento a”, “assimilar”, “digerir”, “suportar”. Continuar lendo