17 DE JUNHO – O ANIVERSÁRIO DA MINHA MORTE

Foi exatamente há 15 anos num Domingo de Junho que tudo aconteceu. Eu estava sem rumo, sem direção, completamente perdido e sem poder me ajudar. Naquela época o Brasil e o mundo eram bem diferentes do que é hoje, naturalmente. Naquela época, Gustavo Kuerten tinha acabado de ser tri campeão de Roland Garros na França; a seleção brasileira era tetra campeã; Jorge Amado e Cássia Eller estavam vivos; ainda não tinha acontecido o ataque terrorista as torres gêmeas nos Estados Unidos. Fatos que marcaram a história do Brasil e do Mundo, que mudaram a vida de muitas pessoas, inclusive a minha existência para sempre.
Sábado, 16 de Junho de 2001. Nos preparamos para sair, como fazíamos todos os finais de semana, só que daquela vez o meu irmão nos acompanhou. Não me recordo todos os lugares em que fomos naquele dia, acho que não fomos há muitos lugares, pois não tínhamos dinheiro, e geralmente andávamos por Santana, só por Santana, pois não tínhamos condições de ir para lugares muito longe e também estávamos desempregados, os três, fazíamos apenas trabalhos temporários – mais conhecido como “bicos”.
O Sábado já havia passado e o Domingo chegado e com ele uma nova era se iniciaria em minha vida, Continuar lendo