A ORAÇÃO DO PAI NOSSO – A ORAÇÃO MODELO – INTRODUÇÃO

Mateus 6.9-13

“Vocês, orem assim:

“Pai nosso, que estás nos céus!

Santificado seja o teu nome.

10 Venha o teu Reino;

seja feita a tua vontade,

assim na terra como no céu.

11 Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia.

12 Perdoa as nossas dívidas,

assim como perdoamos aos nossos devedores.

13 E não nos deixes cair em tentação,

mas livra-nos do mal, porque teu é o Reino, o poder e a glória para sempre. Amém.”

A oração do Pai Nosso é uma oração que nos foi dada por Jesus Cristo a fim de ilustrar, modelar a nossa própria oração ao Pai que está nos céus. Não foi dada como uma oração para ser utilizada liturgicamente, embora alguns estudiosos creem que tenha sido utilizado dessa forma no começo do segundo século, nem mesmo para ser usada como uma vã repetição, sem entender o que ela nos ensina pedir. Ela segue o mesmo modelo dos dez mandamentos, pois está dividida em duas partes, na primeira parte estão às petições que se referem a Deus e a nossas responsabilidades para com ele; na segunda parte estão às petições que se referem as nossas necessidades, minhas e dos meus irmãos em Cristo, necessidades estas físicas e espirituais. Continuar lendo

TENTAÇÃO

Olho para o lado, ninguém está olhando, mentira

A sombra me alcança, tentando me encobrir

Resisto, luto, me entrego, minh’alma reclama

Acordo, combato o bom combate, guardo a fé

Olho para baixo, estou sozinho, embuste

O desejo me toma, eu o alimento

Resisto, luto, me entrego, minh’alma reclama

Acordo, combato o bom combate, guardo a fé

Continuar lendo

ONDE VOCÊ ESTARÁ DAQUI A UM MILHÃO DE ANOS?

Quando estudamos a condição dos seres humanos após a morte é preferível falarmos de uma existência pós-morte ao invés de vida após a morte, pois nem toda existência no pós-morte é vida após a morte, mas sim morte após a morte. O final de nossa existência aqui neste mundo marcará o começo de uma nova ordem em nossa existência, ordem está que, diferentemente desta que vivemos agora, durará para sempre. Para uns será o começo de uma felicidade sem fim, para outros será o começo de um horror que perdurará para sempre, pois viveremos conscientemente ou a experiência da vida após a morte ou da morte após a morte. Continuar lendo

DIÁLOGO COM CALVINO #DIÁLOGO 1 – LIVRO I – CAPÍTULO: I

Calvino ensina que, o fato de seres humanos subsistirem em Deus, isso os capacita a serem pessoas melhores, é por causa dessa subsistência que tudo de bom que enxergamos nas ações de outras pessoas, em suas relações umas para com as outras, tudo isso advém do fato do ser humano viver em Deus, mesmo que muitos não saibam disso, mesmo que muitos não admitam isso, mesmo que muitos até rejeitem veementemente isso, como é o caso daqueles que não tem o conhecimento da Palavra de Deus, a Bíblia, conhecimento este experimental e não somente teórico. A base desse ensinamento de Calvino está firmada na passagem de Atos 17.28a que diz: “Pois nele [Deus] vivemos, nos movemos e existimos […] Porque dele [Deus] somos geração”. Esse trecho faz parte do discurso de Paulo em Atenas, e provavelmente, esta seja uma citação por parte de Paulo, de Epimênedes ou Cleantes, na primeira parte, e de Arato na segunda parte. Ou seja, Paulo está utilizando dois autores pagãos para explicar uma verdade universal, de que toda a existência humana é subsistência em Deus. Por isso, o mundo não é, em sua totalidade, feito só de ações cruéis, existe certa medida de bondade no mundo por causa da subsistência dos seres humanos em Deus. Continuar lendo

NOÉ – A FÉ QUE SE AJUSTA A REVELAÇÃO DE DEUS

Olá! Estamos de volta, depois de uma longa pausa, para dar continuidade aos nossos estudos.

Hoje voltamos à série sobre a Fé. O que é Fé? Ao longo dos estudos no capítulo 11 de Hebreus temos tentado compreender e responder esta pergunta, pois existe muita confusão, mesmo em grande parte dos evangélicos, sobre o que é fé, e com isso, vem as bizarrices e também, muitas vezes, a culpa por não ter alcançado determinada benção por não ter tido “fé”. Por isso, precisamos olhar para a Bíblia, pois ela é a nossa regra de fé e prática, é dela que temos que tirar o entendimento do próprio conceito de fé conforme o autor da Bíblia e da nossa fé – Jesus Cristo, pois o conceito bíblico de fé difere muito das religiões e do entendimento popular sobre este assunto. Voltemos a Bíblia, voltemos ao evangelho, pois só assim poderemos entender o que é fé e como agradar a Deus, “pois sem fé é impossível agradar a Deus…” (Hebreus 11.6).

Depois de falar da fé que recebe aprovação de Deus – a fé de Abel, e também da fé que agrada a Deus – a fé de Enoque, o autor da carta aos Hebreus nos apresenta o terceiro exemplo de fé conforme ele a definiu no versículo um. Chegou à vez de conhecermos a fé bíblica através do exemplo de Noé.

Pela fé Noé, quando avisado a respeito de coisas que ainda não se viam, movido por santo temor, construiu uma Arca para salvar a sua família. Por meio da fé ele condenou o mundo e tornou-se herdeiro da justiça que é segundo a fé. (Hebreus 11.7)

Note a semelhança do começo desse versículo com a definição de fé em Hebreus 11.1: Continuar lendo